31.7.16

Ponto de encontro

Eis o lugar,
o sítio, o ponto,
o ponto exacto
com rigor escolhido
como ponto
de encontro.
É um facto.
Mas
o desencontro
faz todo
o sentido.

Domingos da Mota

[inédito]

28.7.16

Sansão e Dalila

Fosse eu ministra, a sanção
não seria aplicada,
disse a Dalila ao Sansão
e o Sansão não disse nada.
Esperou, olhou pra ela,
para a Dalila dum jeito,
como se fosse a cadela
que lhe ferrasse no peito
os cabelos para dar
ao inimigo que andava
por ali a ameaçar
com a sanção que apurava.
Mas como não há sanção,
a Dalila está tão, tão...

Domingos da Mota

[inédito]

27.7.16

Um vinho e pêras

Posso ser coxo, mas não serei tanto
Como o Pêra Manca da notícia:
Um vinho e pêras, ó fatal ganância,
Adulterado, que pior malícia!

Domingos da Mota

[inédito]

14.7.16

Brexit

Sai,
mas fica
com um pé,
um pezinho
a balançar

pois esta
Europa
não é um cão
que ouse
ferrar

a quem está
com o pé
do lado 
de cá
do muro

ou do canal.
E assim 
é
ou será
o Brexit,

por muito
que
sobressalte:

um puro
whisky
de malte.


Domingos da Mota

[inédito]

ADRIANO CORREIA DE OLIVEIRA - SE VOSSA EXCELÊNCIA...

1.7.16

Múmia

Essa múmia apodíctica,
Malvada de sua graça,
Invectiva, regurgita,
Mostra os dentes, ameaça.

Domingos da Mota

[inédito]