20/05/2019

[Faço votos que tu votes]

Faço votos que tu votes
a pensar que o voto é útil,
mas se não for, que anotes
que o voto nunca é fútil.

Domingos da Mota

16/05/2019

Grã-Cruz

pior
a comenda
que o soneto

Domingos da Mota

15/05/2019

Conjugação

eu ardo
tu ardes
ele Berardo
nós ardemos
vós ardeis
ele ri

Domingos da Mota

10/05/2019

Haicai, cai

«Como cidadão tentei ajudar os bancos.»
Mas que culpa tenho eu
de haver tantos olhimancos?

Domingos da Mota

18/04/2019

Diabólicas/2

Se o prof. A. C. Silva
fosse operário da estiva,
apontaria os oitenta
para as reformas que ostenta?

Domingos da Mota

17/04/2019

Diabólicas/1

A bomba
sem gasolina
nem gasóleo
amofina.

Domingos da Mota

04/04/2019

[invectiva. fala]

invectiva. fala
grosso. será despeito
ou remorso?

Domingos da Mota

01/04/2019

1 de Abril e etc.

Mas se onde havia dentes
só tiveres uma placa,
para induzir os descrentes
planta a mentira de estaca.

Domingos da Mota

1 de Abril

Tu que mentes e desmentes
a mentira, à puridade,
mente com todos os dentes
quando mentes de verdade.

Domingos da Mota

17/03/2019


é muito longe

muito alto
muito fundo:

do outro lado
do mundo

Domingos da Mota

'lá'

não ouso chegar lá:
ando por aqui por ali
por além por acolá

Domingos da Mota

07/03/2019

Da efemeridade

Efémeros somos todos
(uns mais do que outros)
aqui ou alhures.

Domingos da Mota

06/03/2019

inútil

inútil
mas se lido
o poema
é um perigo

Domingos da Mota

02/03/2019

Alta costura

Alta costura:
entre o luxo e a luxúria,
singular pronto a despir.

Domingos da Mota

12/02/2019

11/02/2019

concursos

concursos
ursos
ursos

festivais
vais
vais

08/02/2019

[Nem Maduro nem Guaidó]

Nem Maduro nem Guaidó
Nem Trump nem sequazes.
Ultimatos? - Porra, pô!

06/02/2019

[com as armas e as bagagens]

com as armas e as bagagens
fizeram duas viagens:

uma de cá para lá
outra de lá para cá.

o intervalo entre ambas
foi apenas de umas horas:

quem assim anda em bolandas,
andará também à nora?

Domingos da Mota

04/02/2019

As mãos sujas

As mãos sujas de petróleo,
ou as mãos sujas de sangue?

*

As mãos sujas - e os abutres
que rondam o corpo exangue.

Domingos da Mota

02/02/2019

Greves cirúrgicas

Ser ou não ser
entre o direito
e o dever

*

Bem aventurados os que
não estão em lista de espera
nem à porta do bloco operatório

*

Bem aventurados os que
saem do recobro a caminho
da enfermaria

*

Bem aventurados os que
têm alta e se livram
de infecções hospitalares


Domingos da Mota

23/01/2019

Auditoria

Também tu com
a mania de exigires
a auditoria?

*

Auditoria a um
banco, mas porquê?
Lava mais branco?

*

Ou dissipa,
à tripa forra, que nem
Sodoma e Gomorra?


Domingos da Mota

22/01/2019

Avant-garde

A
bandeira nacional
que serve de
passadeira, de

tapete original -
avant-garde?,
ou
parvoeira?

Domingos da Mota

20/01/2019

Quase haiku para uma receita

Receitou banho de malva
e banho de hortelã.
E sopa de urtigas, hã?

Domingos da Mota

[inédito]

15/01/2019

[Isto não é um haiku]

ajustes directos são aos montes,
e desajustes também,
com o rio, com as fontes

Domingos da Mota

11/01/2019

Conjugação

cada vez
mais
tuteio
menos

Domingos da Mota

01/01/2019

Democratura

Toma posse da cadeira
Um filho da ditadura
E logo hasteia a bandeira
Da feroz democratura.

Domingos da Mota

29/12/2018

Quase-haiku sobre comentários

Grandes enormes
geniais -
enormidades demais

Domingos da Mota