08/02/2018

Conselho cardinalício

Casa. Descasa. Recasa?
Abstenha-se de sexo,
mesmo quando um grão na asa
despertar o amplexo.

E se o coito lhe for
proposto pelo parceiro,
faça de conta, e amor
com o fofo travesseiro

ou então com o lençol
de lavado, tão macio:
apesar de murcho e mole
não provoca suores frios

nem peso na consciência,
por quebrar a abstinência.

Domingos da Mota

[revisto]

31/01/2018

cada cavadela

cava
busca
apanha
aboca

abocanha
a minhoca

Domingos da Mota

[inédito]

25/01/2018

perdidos & achados

perdeu-se o dono
de um gato achado
ao abandono
no meu telhado

Domingos da Mota

[inédito]

15/01/2018

Vender a alma ao diabo

Vender a alma ao diabo?
A que custo, por que preço?
No papel de bacirrabo
Do poder, como adereço?

E se quiser traficar
A alma que já não tem,
Poderá conjecturar
Esse negócio também?

Domingos da Mota

[inédito]

07/01/2018

debates

serão tiques
serão toques
serão tricas
serão truques

serão manhas
e remoques
que se usam
nos debates?

serão estalos
serão estrépitos
serão estouros
serão tiros

serão estigmas
e ferretes
tiros no pé
ricochetes?

Domingos da Mota

[inédito]

29/11/2017

Adágio

Nascemos. Vivemos. Morremos.
E não há como escapar
Do fim a que chegaremos
Onde e quando o fim chegar.

Domingos da Mota

[inédito]

17/11/2017

Tecnonorma

Tecnoforma
Tecnocunha
Tecnonorma
Tecnoturma

Tecnofactos
Tecnofeitos
Tecnoactos
Tecnojeitos

Tecnomodos
Tecnomodas
Tecnosonsos
Tecnotantos

Domingos da Mota

[inédito]

19/07/2017

POEMA CONCRETO

cigano cigana cigano 
cigana cigano cigana
cigana cigano cigana 
cigano cigana cigano

candidato candidata candidato 
candidata candidato candidata
candidata candidato candidata 
candidato candidata candidato

sicrano sicrana sicrano
sicrana sicrano sicrana
sacana sacana sacana 
sacana sacana sacana

Domingos da Mota

[inédito]