27.2.12

Ensaísta e poeta à conversa nas Correntes d'Escrita - Renascença

Com a devida vénia, uma conversa da jornalista Maria João Costa, na Rádio Renascença, com Eduardo Lourenço e Manuel António Pina:

Ensaísta e poeta à conversa nas Correntes d'Escrita - Renascença

18.2.12


ANDRÉ DAHMER, EM "MALVADOS"
colhido no Bar do Bardo

12.2.12

OS GRANDES AMIGOS

São como as árvores
de grande porte.
Quando elas partem
as raízes ficam
aquém da morte

1987

Luís Veiga Leitão

POESIA COMPLETA, Organização de Luís Adriano Carlos e Paula Monteiro Apresentação crítica de Luís Adriano Carlos, Asa Editores, S.A., Porto, Setembro de 2005

7.2.12

DESVERSOS

2.

Este ministro é um mentiroso
que agonia quando ele discursa
e se fosse só isso: bale sem jeito
às meias horas seguidas - e não pára!

bem-aventurados os duros de ouvido
a quem o céu abrirá as portas
desliguem p.f. o microfone
ou então tirem o país da ficha

                                            Lisboa
                                                           6-V-95

Fernando Assis Pacheco

RESPIRAÇÃO ASSISTIDA, Assírio & Alvim, Lisboa, Novembro 2003

2.2.12

Correntes d’Escritas 2012


Leia-se o programa das Correntes d'Escritas no blogue Cadeirão Voltaire:

1.2.12

POUPANÇAS

A teu lado não me importam as notícias,
que tivemos o Inverno mais seco de sempre,
e a guerra, o petróleo, o bulício dos tolos.
Os jornais não trazem nada que me possa
interessar: que aprendeste finalmente a cair
de bicicleta, tens consulta para ontem
com o médico das costas e o teu sono
continua perturbado por afãs de perfeição

O amor é assim, deixa o logro do mundo
a ganir à porta. Vai tu à janela, se queres,
e atira-lhe um osso de atenção. Eu já não
creio que a história seja o melhor amigo
do homem - tu sim, felicidade perceptível,
âncora do tempo, senhora do Marão. Graças
a ti já comecei a poupar uns oito euros
por semana em semanários, arrelias e afins.

José Miguel Silva

SERÉM, 24 DE MARÇO, Averno, Novembro de 2011