02/12/2012

A PERDA

A perda real é a perda do sentido

Só se perde o sentido do que não
foi nunca real senão quando perdido

Gastão Cruz

ESCARPAS, Assírio & Alvim, Lisboa, Fevereiro 2010

Sem comentários:

Enviar um comentário