04/08/2010

Resumo

Gerou os filhos, os netos,
deu à casa o ar da sua graça
e vai morrer de câncer.
O modo como pousa a cabeça para um retrato
é o da que, afinal, aceitou ser dispensável.
Espera, sem uivos, a campa, a tampa, a inscrição:
1906-1970
SAUDADE DOS SEUS, LEONORA.

Adélia Prado

com a devida vénia, de Poesia reunida, Editora Siciliano, São Paulo, 1999

Sem comentários:

Enviar um comentário