11/05/2012

Bernardo Sassetti - Da Noite - Ao Silêncio



Junto, com a devida vénia, de um belo poema de Eugénio de Andrade:

"Faltava-te essa música ainda,
a do silêncio, fria de tão nua,
agora para sempre e sempre tua."

Sem comentários:

Enviar um comentário