02/10/2011

Conta de Pero Vaz de Caminha

O homem do Guarani tosse
e espirra constantemente, enquanto
serve os cimbalinos em chávena escaldada
ao dono da residencial Grande Rio
e à striper brasileira. Ela discute no seu
português com adoçante
a conta da electricidade, que no seu país
não entra no contrato.

Inês Lourenço

LOGROS CONSENTIDOS, & etc, Março de 2005

Sem comentários:

Enviar um comentário