23.9.15

Passa-culpas

Um lesado, dois lesados,
cem lesados, muitos mais
interpelam com mandados 
e libelos literais
os mandantes, paus-mandados
que tantas coisas e tais
garantiram, mas com dados
profusamente irreais.
E perante a roda-viva,
a onda de desespero,
há quem finja, quem se esquive,
quem denegue e assevere
um bisonho passa-culpas
sem sentido nem desculpas.

Domingos da Mota

[inédito]

1 comentário: