27.8.13

Epitáfio

Homem
brilhante, rotundo,
crudelíssimo, 

sem dó
nem compaixão,
num segundo,

olhai
e vede:
é pó.


Domingos da Mota

[inédito]

Sem comentários:

Enviar um comentário